segunda-feira, dezembro 15, 2008

QUASE UM POEMA DE AMOR


Quase um poema de amor

Há muito tempo já que não escrevo um poema
De amor.
E é o que eu sei fazer com mais delicadeza!
A nossa natureza
Lusitana
Tem essa humana
Graça
Feiticeira
De tornar de cristal
A mais sentimental
E baça
Bebedeira.

Mas ou seja que vou envelhecendo
E ninguém me deseje apaixonado,
Ou que a antiga paixão
Me mantenha calado
O coração
Num intimo pudor,
- Há muito tempo já que não escrevo um poema
De amor.
~~
Coimbra, 7 de Fevereiro de 1950
Miguel Torga,
in "Antologia Poética", 1985~

~~

BOA SEMANA

ANJA

5 comentários:

Luísa disse...

Inginha kida!

Bom dia apesar do friooooo! brrbrbrbrbr!

Boa escolha este poema de Miguel Torga!

Um beijo nas tuas Asas!

Luisa

Força de Expressão disse...

gostei deste poema...

e aproveito pra lhe desejar otima semana tambem.

beijos.
ricardo praça
www.forcadeexpressao.com

ANJA! disse...

luisa e ricardo:
Em 1º obg pela visita,
em 2ºque nasta semana cheia de frio,consigam voar bem alto no sabor das palavras...e que elas,
vos aqueça o coração!
jinhos
anja

Luísa disse...

Que este dia possa trazer
momentos de fé e de esperança.
Que possa fazer deste dia...
todos os dias da sua vida.
Que a paz possa reinar...
eternamente no seu coração...
Deixando que a alegria...
se manifeste em todos os momentos
da sua vida.

São os meus sinceros desejos...
para si neste natal.

FELIZ NATAL INGINHA KIDA!

Beijos doxes pa todos aí de casa e um xi pertadinhooooooo para ti!

Luisa

ANGEL CHARLIE disse...

Faltam poucas horas para que o mundo celebre o Natal, convencionou-se que tinha nascido uma Nova Era! E convencionou-se que nesta época haveria festa! Mas eu imagino essa mesma festa continuada ao longo dos outros 365 dias do ano, e é por isso que fiz esta visita, breve mas carregada de afectos não por que é Natal mas porque queria desejar-lhe exactamente isso, que todos os dias vindouros do 2009 que já está aí batendo à porta sejam motivo de festa, de alegria e felicidade. Um abraço amigo do A.Charlie