quinta-feira, junho 18, 2009

YING E YANG


Na concepção chinesa do mundo, o universo consiste em yang, o elemento masculino, e em yin, o elemento feminino.
Em 1850, o filósofo Ralph Emerson em seu ensaio sobre a filosofia oriental, descrevia que o yin-yang estava presente na polaridade, na ação e na reação, na escuridão e na luz, no calor e no frio, no masculino e no feminino, na inspiração e na expiração, no ritmo do sangue, nas forças centrífuga e centrípeta.

Tudo na natureza é dividido, de modo que cada coisa constitui uma metade que precisa ser completada por uma outra coisa, como o espírito e a matéria, subjetivo e objetivo, interior e exterior, movimento e repouso. Os pólos se complementam entre si para que exista um equilíbrio dinâmico.

Yin e Yang são inseparáveis. Seu simbolismo é representado por um círculo dividido em duas metades iguais por uma linha sinuosa. A parte preta é yin e a outra branca, yang

Podemos observar que o comprimento da separação das cores é igual a

circunferência exterior e que o contorno de cada metade yin e yang

é igual ao perímetro da figura.

Cada um dos elementos contém o germe do outro,

na forma do ponto claro ou do ponto escuro.

Na visão cabalista, o yin-yang representa o céu e a terra,

presos um ao outro abraçando-se mutuamente.

Para os chineses, o yin-yang significa que

o tempo (e o espaço) é "Uno", ou seja, a matéria e o espírito também.

A ação de uma pessoa resulta em uma reação boa ou má.

Tudo no ser é yin ou yang, com a dupla possibilidade de evolução ou involução.

Christopher Markert em seu livro Yin-yang -

polaridade e harmonia em nossa vida, explica que só é possível ser feliz

e ter sucesso quando se vive em sintonia

com as forças cósmicas como o consciente e inconsciente,

corpo e espírito, ideal e realidade,

doce e salgado, direita e esquerda, dia e noite etc.

Cada pólo portanto, tem valor idêntico ao outro, onde estes se complementam e se necessitam mutuamente.

Se o equilíbrio for perturbado, ambas as partes mostram o seu lado destrutivo e maléfico. A meta não é incentivar um pólo em prejuízo do outro, mas visar um equilíbrio que beneficie ambos os pólos. A vida busca o equilíbrio correspondente a cada lugar e a cada momento. Um homem pode tomar uma iniciativa na parte da manhã, e a tarde, a mulher pode ser a responsável. Ao acordar por exemplo, a pessoa pode tomar uma decisão "prática", mas à noite pode seguir a "intuição". Isso é yin e yang.

O yang é masculino, pai, céu, deus-pai, Sol, consciente, compreensão, lógica, eu, condição desperta, cabeça, forma, ter, tensão, voltado para o exterior, decidido, risco, só, gasta energia, construtivo ou destrutivo, abstrato, ordenado, sóbrio, patriarcado etc.
O yin é feminino, mãe, terra, mãe-terra, Lua, inconsciente, sentimento, intuição, eu interior, condição de sonho, coração, conteúdo, ser, relaxamento, voltado para o interior, segue o fluxo da vida, pacífico, atraído pela comunidade, economiza energia, cura e preserva, orgânico, fluente, sóbrio, matriarcado etc. De acordo com os ensinamentos chineses, o conceito yin-yang poderia ser exposto assim:


Confie no seu julgamento
Dê para que possa receber
Mantenha a confiança na ordem do universo
O inimigo torna-se seu amigo

porque este lhe mostra suas fraquezas,

pois sabe aquilo que você desconhece.

Portanto, aprenda com ele.
O que ocorre no dia-a-dia, bom ou mau foi causado

direta ou indiretamente por você
Os obstáculos fortalecem
Quem evita as dificuldades não pode continuar sadio e feliz

Sinta-se responsável pela sua vida.

Tudo está em constante mutação tanto no universo com na vida dos seres humanos.

Nem a terra nem o céu são perfeitos, mas juntos podem formar a perfeita harmonia.

Yin Yang são vistos como um jogo harmonioso, e não competitivo.

É discernir que ambos os elementos contém aspectos fortes e fracos.

Conflitos ocasionais entre os dois elementos são inevitáveis.

Na verdade, a maneira de o ser humano conseguir criar a harmonia interior e exterior.

A vida harmoniosa só pode ocorrer através do jogo vital do Yin Yang

um caminho para chegar ao "Uno".


ANJA

2 comentários:

mjf disse...

Olá!
Tudo na vida deveria ser harmonioso.
Em relação ás nossa acções:" quem semeia ventos colhe tempestades.
:=)))

Beijocas
Bom fim de semana

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.